terça-feira, 23 de junho de 2009

********Chaves Do Destino*******


Quando você criou meus lábios,
Eu os recebi já prontos para palavras.
E quando você criou meus olhos,
Você me mostrou este mundo de uma forma tão rica.
Quando eu ouvi com meu ouvido você criou os sons.
Eu os estimei e processei até que consegui abrir os olhos,
E fui dado a terra pelos sons.
Deixei os lábios contaminados,
Meus olhos estão olhando absolutamente tudo.
Agradeço pode poder escolher meu caminho.
Agora que vejo a mim mesmo,
Só consigo riscar a superfície.
O que será que existe no profundo do meu interior?
Isso eu simplesmente até agora não consigo entender.
Receio saber que posso me afogar esperando em outras coisas.
Mas comigo estão as chaves de meu próprio destino.
Diego Santana

Um comentário:

  1. Muito bacana suas palavras
    adoro o que escreve...

    parabens

    bjs

    ResponderExcluir